Nossos Produtos
Brasilux / Notícias / Brasilux Tintas anuncia patrocínio ao time da Matonense

  Notícias

26/03/2013

Brasilux Tintas anuncia patrocínio ao time da Matonense

Estádio Hudson Buck Ferreira, casa da Matonense, ganhará melhorias com o apoio da Brasilux

Estádio Hudson Buck Ferreira, casa da Matonense, ganhará melhorias com o apoio da Brasilux

Tradicional equipe do interior de São Paulo, a Sociedade Esportiva Matonense ganhou recentemente um reforço de peso para voltar a brilhar nas primeiras divisões do futebol paulista: a Brasilux Tintas. Sempre engajada com ações esportivas, a empresa conterrânea abraçou o projeto que visa reerguer o time e irá patrocinar a SEMA na Série B do Campeonato Paulista (equivalente a 4ª divisão).

Com o apoio confirmado, a Matonense ganha uma parceira de respeito e que vai trabalhar para levar o nome da equipe novamente às manchetes esportivas, assim como ocorreu nos anos 90. O patrocínio da Brasilux Tintas permitirá ao time melhorar a estrutura oferecida aos seus atletas, já visando o acesso para a Série A3 do Paulistão no próximo ano.

Em contrapartida, a marca da empresa estampará a parte de trás das camisas e calções do uniforme da Matonense, e também placas publicitárias posicionadas no estádio Hudson Buck Ferreira, casa da Águia Azul desde sua fundação. Além da Brasilux Tintas, outras empresas de Matão e investidores estão levando o projeto de renascimento da Matonense adiante.

A estreia na Série B está marcada para o dia 28 de abril, em Olímpia, contra o time da casa, ainda sem horário definido. Completam a chave da equipe (Grupo 3) no campeonato Guariba, Inter de Bebedouro, Bonifácio, Matonense e Taquaritinga.

Sucesso meteórico

Fundada em 1976 por trabalhadores esportistas da cidade de Matão, a Sociedade Esportiva Matonense disputou durante vários anos as divisões inferiores do Campeonato Paulista e, nos anos 90, iniciou um período de conquistas nunca antes visto na história do Estado.

Foram três títulos e três acessos consecutivos – campeã da Série B1 em 1995; campeã da Série A3 em 1996 e campeão da Série A2 em 1997 – até disputar a prestigiada Série A1 do Paulistão em 1998, fazendo jogos memoráveis contra os grandes São Paulo, Corinthians, Palmeiras e Santos.

A SEMA se manteve na Série A1 durante quatro anos, mas dificuldades financeiras culminaram com o rebaixamento da equipe em 2001. Com o agravamento da situação, descensos seguidos quase acabaram com a Matonense, que agora volta a ter um projeto para retomar o caminho de sucesso.