Brasilux / Dicas e Truques / Um novo destino para latas vazias

  Um novo destino para latas vazias

Latas

O destino das latas vazias de tinta não é mais o lixo. O caminho que essas embalagens seguem após o uso agora é diferente e o simples descarte deixou de ser a única opção. Esse é o pensamento dos integrantes do coletivo Colmeia Cultural, que enxergaram nos recipientes uma alternativa sustentável para montar equipamentos de iluminação.

Há algum tempo, seria estranho entrar em qualquer sala de teatro ou palco e ver o ambiente iluminado assim. Mas com essa adaptação, a cena pode ser vista na maioria dos eventos organizados pelo grupo e foi a melhor solução encontrada para resolver o problema do alto custo das luminárias “normais”.

Com as criações, as embalagens são transformadas em pelo menos dois tipos de iluminadores cênicos e de palco: o set light, luz aberta e posicionada normalmente no chão, e o Fresnel, luz de foco como um spot e que pode ser utilizado juntamente com gelatina para dar cor. O resultado pode ser visto na imagem desta dica.

Com latas cedidas pela Brasilux Tintas, o coletivo cultural mostrou como montar as luminárias de forma simples e sem complicações, sendo necessário comprar apenas as lâmpadas, fios e soquetes para a produção. Ou seja, valor bem menor do que se gastaria comprando o produto normal, que chega a valer R$ 2 mil no mercado.

Para fazer a set light é preciso cortar uma lata na diagonal. Depois de fazer as ligações elétricas, basta colocar o soquete e uma lâmpada alógena ou de led. Neste formato, dá para se fazer dois set lights com cada lata. Já o Fresnel é produzido com uma só lata, sendo necessário apenas fazer um furo no fundo para colocar fios e o soquete.

Também há um jeito para deixar as luminárias mais profissionais. Para isso, é só colocar um sistema que movimente a lâmpada dentro da lata, servindo para ajustar o foco. Assim, o sistema de iluminação está completo e já pode ser usado em apresentações.